04 janeiro 2015

Homens são tão assim...

   
É indiscutível, e totalmente complicado, não importa o quanto eu escreva sobre este assunto, ele interminável, nunca vai caber tudo em palavras, todas as reclamações, declarações, todos os sentimentos que temos por eles, "racinha difícil" eu vivia dizendo para mim, tão diferentes, porém nos completam de alguma forma. Pensei em ser formal, falar bonito e ser poética, mas vamos colocar as cartas na mesa e fazer desse texto bastante compreensivo, primeiramente peço perdão pelo meu sumiço, mas estou aqui, vou tentar não prometer mais o que não estou cumprindo, mas farei de tudo para me manter presente, já estava com saudade de vocês. Vamos lá?

   Loiro, moreno, careca, cabeludo. Homens, tão decifráveis e indecifráveis ao mesmo tempo, quem me dera ter o belo poder de ler suas mentes e captar não só o "cerveja, mulher, futebol" mas o que há dentro de cada um deles, que sei, é diferente sim. Nem todos eles são tão iguais quanto imaginamos, vamos largar um pouquinho desse clichê e começar a falar não como um todo, mas pelo o que conhecemos das nossas poucas experiências, isso inclui família e desastres amorosos, apenas, já que não há uma maneira de termos em um papel como todos os homens desse planeta se comportam não é mesmo?

   Eu já fui uma da lista que viva dizendo, "todos os homens são iguais" mas estou sempre em constante mudança de pensamento, o tempo inteiro tenho uma opinião diferente, às vezes nem tenho conhecimento de minha própria opinião, mas ainda estou amadurecendo, quinze anos é muito pouco, mas o fato é, de uns tempos para cá essa frase já não é constantemente dita por mim, minhas desculpas para os estragos que eles provocam era sempre essa "todos iguais, todos" mas não, é injusto comparar todos eles, e como eu aprendi isso? Quando me dei conta de como é ruim as mulheres serem todas comparadas também, como se todas nós fôssemos frágeis, cheias de tudo, sem paciência, chatas, vamos deixar essa comparação de lado e começar a olhar o que há dentro da gente, existem sim os homens traidores e infiéis e as mulheres mesquinhas e frescas, mas não adianta se isolar do mundo por puro medo de conhecer exatamente o errado, ou a errada, o que devemos fazer é exatamente isso! Errar. Fazer a escolha errada, sofrer, pois o sofrimento fortalece, e ele é a base para um amadurecimento pessoal, eu sempre guardo comigo a seguinte frase: As coisas ruins acontecem, para que logo as coisas boas apareçam e que possamos, enfim, apreciá-las. E é isso, nós mulheres, devemos agradecer pela reviravolta que esses caras causam em nossas vidas. O que seria de nós sem um pouco dessa adrenalina que é causada por vocês. Homens. Aliás, por que vocês são tão assim?

Yasmin

Nenhum comentário:

Postar um comentário