06 abril 2015

Missão: Controlar a TPM

Como foi a Páscoa de vocês? 
Ah, nem pergunte como foi a minha, por favor.

Hoje as paradas são sobre entretenimento (novidade que é bom...) porque eu só consegui pensar nisso pra relaxar esses dias. Quem tiver afim de uma terapia "grátis" faça o favor de ler. Thanks.
Brothers (ou Entre Irmãos) é um filme de 2009 
Dirigido por Jim Sheridan

  Minha motivação para assistir o filme: Jake Gyllenhaal :v

   Bom, o longa conta a história de Sam Cahill (Tobey Maguire - O Homem Aranha hue br), militar, pai de família, e o irmão cuja sombra encobre o mais novo Tommy Cahill (Jake Gyllenhaal), de início já entendemos o porque -a primeira cena do cara é saindo da prisão, pois é, o contraste é loko-.
   O filme gira em torno dos seguintes fatos:
   Sam vai para o Afeganistão 
   É dado como morto (but he is not dead)
  Tommy assume a responsabilidade da família do irmão como consolo (tanto pra si quanto para elas)
   Quando Sam consegue escapar da prisão na qual se encontrava lá nas montanhas dos "trrratatatatatata" e volta pra casa, a treta começa a rolar.

   A história é ótima, deveria ter sido um pouco mais bem trabalhada (principalmente quanto ao ritmo do filme), mas muito me prendeu a atenção a atuação das gurias que interpretaram as filhas de Sam, e como sempre a interpretação e gostosura do Jake , e bom, nunca tinha assistido outro filme com o Tobey que não fosse "O Homem-Aranha" e sinceramente gostei dele fora desse papel (tem o bônus também, minha gente, a mulher do Sam é a linda e maravilhosa da Natalie Portman). O elenco é ótimo e a história acrescenta, então assistam, vale a pena.

"Eu não sei quem disse que somente os mortos conhecem o fim da guerra. Eu conheci o fim da guerra. A pergunta agora é como eu sigo vivendo." Sam Cahill   
------- 
Bates Motel

    Amigos e amigas, essa série é dos deuses.

   A série conta a história de Norman Bates, o assassino esquizofrênico de Psicose (1960) inserido no cenário moderno. Retrata de modo tênue as razões nas quais levaram o guri a ser locão (que nem dizia meu professor de filosofia), além de algumas tretas da administração da cidade, e redondezas, que tem em toda merda de lugar desse nosso planetinha miserável.
    Não vou nem começar a comentar a perfeição do elenco desse seriado, a fotografia que é simplesmente magnífica, e ainda o cenário casa/motel que é simplesmente idêntico ao do filme, se não esse post não termina hoje. 
    Quando comecei a assistir, as 1ª e 2ª temporadas foram embora mais rápido que fogo de palha, e os primeiros episódios da 3ª temporada só começaram a sair por agora, já sabem quem é a pessoa que mais está contribuindo com a pirataria da série, né? HUE


    Se vocês gostam de suspense, comecem a assistir NOW, manolos


  (segredinho: tem na netflix)

-------
Quem é você, Alasca?

     Bom, não tenho muito o que falar sobre o livro (ainda), mas estou muito grata à dinâmica dele. Fazia um puta tempo que eu tentava sair da inércia literária e nenhum livro conseguiu essa façanha, até que um amigo meu indicou o livro dizendo que eu ia me identificar com a personagem "Alasca", baixei e comecei a ler já no clima de "vou acabar parando e nunca mais vou nem abri isso aqui" e já estou quase na metade. Não sou muito fã de John Green, mas a trama realmente me prendeu, acho que pela demora do TCHAN entre o protagonista e a tal Alasca, isso me deixa curiosa. 

    Enfim, até agora tem sido uma leitura bem "no flow", quando terminar conto pra vocês o que achei da coisa toda.

-------
Heads Will Roll

    Pra finalizar, uma das músicas que me tem feito pular, dançar, gritar, cantar e algumas escrotices mais (na maioria das vezes quando sozinha), sem ligar se estou parecendo uma retardada (que é bem provável que sempre), porque pra mim é uma das melhores músicas pra isso depois que a escutei pela primeira vez.
    Quando assisti "Projeto X" (outro filme, que mesmo sendo clichêzão, merece uma resenha procês) surtei com a Soundtrack do longa (com o elenco também, pra ser sincera). Enfim, merece ser compartilhada. 

Escutem essa parada no volume máximo. Certeza de que me entenderão.


-------
Espero que tenham gostado das indicações, estava com saudades de fazer uma postagem mais elaborada aqui 

Love always,

Júlia

Nenhum comentário:

Postar um comentário